Quem muda? O mundo ou você?

Durante essa semana uma palavra surgiu várias vezes para mim, inclusive recebi um convite especial para falar desse tema no instagram @cartasparamulheres, que logo logo estará no ar. Acompanhe.

Afinal que palavra é essa? Sonhar.

Para sonhar é preciso estar aberto as oportunidades da vida, e para realizar esse sonho é preciso coragem.

Agora o que sonhar tem a ver com mudar o mundo ou você?

Veja se concorda comigo nessa reflexão: quando lemos um livro, normalmente os romances de ficção, nos deparamos com uma jornada do protagonista, e ao final, mesmo que seja diferente do que possamos esperar, existiu ali um aprendizado, um amadurecimento, uma mudança do personagem e da sua visão de mundo.

Então te convido a fazer um exercício, que faço as vezes e que sempre me ajuda a tomar decisões importantes.

Faça uma projeção de como será sua vida daqui 10/20 anos se as coisas a sua volta continuarem como estão: seus relacionamentos, suas conquistas profissionais, sua saúde.

O casamento não está bom, o trabalho está estressante, seu colesterol está alto? Você chegou nessa condição devagar, talvez tenha sido mais cômodo ou a única opção no momento. O porque não importa agora, já passou!

E vamos indo ano após ano, deixando de ser crianças e de sonhar.

O que você respondia a um adulto quando te perguntavam: O que você quer ser quando crescer? Eu queria ser jornalista, professora, nem sabia o que era escritora, mas note que de alguma forma o meu sonho estava formado dentro de mim.

O futuro será reflexo do presente, assim como seu presente está sendo o resultado de algumas decisões no seu passado, lógico que existem coisas inesperadas e que não temos como escolher e mudar.

Mas tenho certeza que se você observar bem dentro de si vai encontrar, e aí também se encaixam os sonhos.

Sabe, a carreira de escritor muitas vezes é solitária, nem sempre sua família e amigos serão seus maiores fãs, mas observando minha caminhada, notei que a vida sempre veio me preparando para essa carreira, por isso eu digo para que observe seus sentimentos e oportunidades que surgem a sua volta.

Desde o ginásio escrevia boas redações, tenho um caderno de versos e poemas que vem antes de 1990, e por essa facilidade naquela época, minhas amigas pediam ajuda para escrever poemas e cartinhas românticas para que elas entregassem aos seus namorados. 1990 gente, época dos papéis de carta! Que eu amava! Já contei essa história em algumas entrevistas, assim como o importante papel da avó de uma amiga que me incentivou muito na leitura.

Mas onde quero chegar com isso? Todos esses acontecimentos foram a base do que só depois (muito depois, escrevi meus primeiros contos em 2015!) percebi ser meu sonho, e quando o encontramos nosso mundo muda e nós mudamos com ele.

Nosso futuro vai ser o resultado do que fazemos com nossos sonhos e como é nossa visão do mundo diante do que vai em nosso coração.

O mundo muda sempre, mas nem sempre a gente muda.

Pense nisso e tenha coragem de mudar seu mundo!


Até a próxima!




17 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo