Encerrando capítulos

Como escritora sei bem que finalizar um capítulo de um livro, nem sempre é fácil, pois aquele pedaço da história tem que ter conexão com o que foi escrito antes e também com os próximos capítulos até chegar no famoso FIM.


Já ouvi muitos dizerem que a vida daria um livro, mas eu acredito que nossa vida é um livro, afinal temos começo, meio e fim e tudo que se desenrola nas páginas da nossa existência resulta no legado que deixaremos no mundo.


Na próxima vez que entrar numa livraria, sugiro que olhe os livros mais profundamente, e irá observar que alguns tem capítulos longos, outros curtos. Tem capítulo que só acontece coisa ruim com o personagem, enquanto outros parece ser até um conto de fadas.


Você ri, chora, fica com raiva, triste, pensativo.


Não é como nossa vida?


Um capítulo tem que terminar para outro começar, é necessário estar de coração aberto e perceber que ele tá ficando maior do que necessário e, que se persistir a conexão inicial com o que o escritor queria passar pode se perder.


Tem livro onde aquela personagem que era tão feliz, de repente se frustra e o namoro acaba, mas o escritor pensa em trazer o ex-namorado de volta, e algo muito estranho acontece.


Chega um momento enquanto escrevemos, que os personagens já tomam suas decisões por si, eles ficam na nossa mente inspirando o que esperam de nós, e pode ser que não queiram esse capítulo repetido na sua história.


Por vezes é difícil terminar um capítulo, nos apegamos a ele, não importa se nos faz sofrer ou não, mas aí o texto não deslancha, o tempo passa, e parece até que toda aquela história não tem mais sentido. É o momento de refletir, rever o que já estava escrito, um processo que pode levar minutos ou meses até retomarmos ao capítulo teimoso, e como um passe de mágica, encontramos o fio da meada que nos ajuda a seguir.


Tem hora que não há tempo de reflexão, bruscamente um capítulo se rompe, e o autor precisa redefinir a rota, surpreso ou até confuso, mas o que ele sabe, é que não pode deixar a história parada.



Pode ser que nesse instante, o capítulo da sua vida seja um pouco triste, dolorido até, mas com certeza sua jornada teve muitos momentos felizes, então não desista do livro da sua vida, pois ele ainda pode te preparar agradáveis surpresas, antes da palavra FIM.




Posts recentes

Ver tudo